windmills by fy

14/05/2010

Transparência

Filed under: Uncategorized — Fy @ 2:07 AM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

–   Todo  homem é  filho de um menino   –

Alexandre O’Neill

 

… aconteceu em um concurso  de escola e … todos os twitters – sites – blogs enlouqueceram

e o mundo sorri satisfeito , porque a sensibilidade ainda existe .

e

    resiste

   • 

  • 

 

 

 

 

 

Fy

11 Comments »

  1. Este é de tirar o fôlego.muito legal o blog.

    Abçs

    Comment by José Raphael — 14/05/2010 @ 4:06 AM

    • Welcome aboard José Raphael,

      Também fiquei sem fôlego!

      Fy

      Comment by Fy — 14/05/2010 @ 11:43 AM

  2. Fy

    Ele tem 13 anos e já tá rolando no Twitter do Guy Oseary.É tão raro darem valor pra quem realmente tem.Incrível.

    Todo mundo aqui parou pra ver.Emocionante.

    Bjinhos aí pra todo mundo,Terra Mágica,Sampa tá nervosooooooo.

    tô a mil,

    Juju

    Comment by Juliana — 14/05/2010 @ 5:43 AM

    • Oi Ju,

      comprei o livro do Deleuse. Começo hj.

      Q coisa não? Quando a Bia me mostrou fiquei boba. Q bom que o Guy Ozeary viu! Não foi ele q descobriu a Sofia?

      Bjs

      Comment by Fy — 14/05/2010 @ 11:46 AM

  3. Oi Fy, Ju e todo mundo,

    Feliz o nome do post! É transparente a interpretação deste menino. Emocionante!
    A frase do Alexandre O’Neill é uma “sentença”,algo a se pensar.

    Beijos

    Tio Gus

    Comment by Gustavo — 14/05/2010 @ 5:55 AM

    • Oi Gustavo,

      Tá resfriado? é cama, Gus, ainda mais neste friozionho.

      è … transparente. A espontaneidade, a força, a naturalidade dele, chega a chocar. Estar assim à vontade consigo mesmo e com suas emoções, … aos 13, é de fazer pensar mesmo.Eu chorei qdo ví, [ q tonta!] me emocionou mesmo.

      O Alexandre O’Neill usou esta frase num comment sobre Miró – até usei num post – … ” gente “, Gus , que Pensa de outra forma … pra você:

      “…..Procurava o essencial ou, melhor, o essencial saía-lhe das mãos como que por milagre. O essencial da cor, do desenho, da escrita. Porque Miró foi um dos pintores/escultores que, pintando ou esculpindo, mais escreveu.
      E que escreveu ele? Que tudo pode ser promovido, por toques de mágica, à categoria de objecto de arte,
      que nada é canónico,
      que arte e vida estão de tal modo entrosadas que é impossível saber onde acaba uma e começa a outra.
      A sua imaginação nem era imaginação,
      era um ritual de homenagem ao mundo maravilhoso que o rodeava………
      É que ele sabia, como ninguém, que o homem é filho do menino.”

      Alexandre O’Neill ( Uma coisa em forma de Assim – Miró, mirones ).

      Bj – te cuida,

      Fy

      Comment by Fy — 14/05/2010 @ 12:00 PM

  4. Muito legal o moleque, me lembra o garoto do filme, Billy Elliot.
    Mas aquele japinha que voce postou também é um fenômeno.

    Abraço

    Eduardo

    Comment by Eduardo — 14/05/2010 @ 8:38 AM

    • Aloha Edu !

      quem tá vivo… às vezes … aparece!

      Viu? que coisa mais louca isto?

      è mesmo, lembra o Elliot! Filmão! nossa , como é q eu não liguei…. !

      mais EMOÇÃO:

      A arte é sim, transparente. … e forte.

      Thank’s for remember,

      Bjs

      Fy

      Comment by Fy — 14/05/2010 @ 12:11 PM

  5. Oi Fy,amigos,
    Trabalho aqui na agência com a Juliana, e estou parada no seu blog!Posso comentar também? Faz tempo que eu tenho lido, e também quero fazer parte desta turma boa, encantada como diz a Ju.
    O Eduardo acima teve a mesma lembrança que eu, me lembrei do Elliot. Maravilha, é comovente.

    Bjs para todos,

    Camila

    Comment by Camila — 14/05/2010 @ 9:01 AM

    • Oi Camila,

      seja bem vinda, e comente o quanto e o que quiser.

      A Ju é q é encantada, e, se vc gosta, já faz parte.

      Tá lá o Elliot, pra gente se emocionar- e claro: dançar!

      Bj

      Fy

      Comment by Fy — 14/05/2010 @ 12:15 PM

  6. Êhei Edu véio! Saudades Cara. Parabéns pelo Filhão, antes de mais nada!
    Gaudiô mesmo, não volta, né? beija Barcelona por mim, por nós e entra em contato,

    Abração.

    Fy, não é tonta não, o moleque emociona. Mas este filme, é pra pegá, mesmo.

    Depois volto aí, fiquei satisfeito de ter notícias do Edú.

    Beijo, André

    Comment by André — 14/05/2010 @ 12:54 PM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: