windmills by fy

01/06/2010

updating …

Filed under: Uncategorized — Fy @ 3:01 PM

 

 

 

 

 

 

Nada como uma dose de realismo ao menos razoável …  e uma certa experiência adquirida no convívio com a verdade .

Eu penso , cá comigo , que mesmo rodeados por todos lados

de uma estranha mistura de verdade e ilusão desde que o mundo é mundo;

não nos é difícel discernir o quanto uma “ilusão” ou mentira  

pode ser danosa e nociva  para o próprio cérebro que a alimenta . 

 

 

Mesmo quando usada como ferramenta , por quem , por hábito ,

ausência de outros recursos , e / ou  por algum curto circuito interno necessita da mentira  e

descaradamente parafusa com ela  palavras enferrujadas ,  

sempre se escuta aquele rrrrrrrrrrrrr entre uma palavra e outra .

 

 

Sem dizer que a  mentira tem uma cor traiçoeira ,  é uma tinta baratinha , 

uma  camuflagem cor de tomate estragado ,   

cuja função é encobrir a verdade apenas pra quem não está e nem quer estar  pronto para ela  .

E bom lembrar que eu estou falando de verdades  habituais e comuns , eu jamais falaria sobre uma única  ” Verdade … ” .

 

 

Ai ai ai  –  e depois …  convenhamos … há mentiras , que nem deviam ser ditas .

Ficam , coitadinhas , pairando no ar , sem rumo , pedindo  :  por favor … por favor … creiam em mim …  

Uma verdadeira falta de responsabilidade , tadinhas !

Nascem de cabeças ziguezagueadas , comprometidas com o toque de gado ,

que absorvem negativismo que nem papel-toalha , se encharcam …  assim … sem nenhum romantismo…

– sem nem um pouquinho de charme ,  nem mesmo aquele que ,

com jeitinho faz com que o povão quaaase consiga acreditar , nas pobrezinhas das suas mentiras .

Grosseiro … coisa de comadre fofoqueira … – desocupada em 2010 …  –  dose …

 

 

Estas mentes , são verdadeiras telas descoloridas ,

onde falsidades culturais , daquelas mais ou menos estabelecidas ,  carimbam suas nefastas pretensões .

Esquecem que é possível identificar , analisar e descartar .

 

 

Pior :

O velho hábito de pensar mecânica e superficialmente , aquele que funciona no tranco …

 que  prefere “rotular”  a pensar  , não morre instantâneamente  

só porque  o assunto pretende   abordar  temas divinos – ou espirituais…

– claro que aí …  a coisa fica meio crítica … –  emperra  ,

–  e  é claro… que a auto- crítica , no caso , seria um esfôrço  além do precário alcance .

 

 

É previsível que tenham idéias burras , curtas ,  se achem sensacionais e apostem em mentiras mais óbvias que uma … cebola. 

Não há alcance . Há limites engasgados .

 

 

Mas porque será que não sossegam dentro das próprias construções , muros ,  cercas ?

O que será que pode atingir pessoas que : não tem mais corpo ,

crucificaram o ego ,

não pertencem a este mundo e são ,

nada mais nada menos que um Self  superior e transcendente ?

 

Que deixem este mundo pra quem está vivo !

Principalmente pra quem tem  – e  quer muito ter  –  o que fazer  por ele e  dentro dele .

 

 

Não precisar mentir já é sinal de que se está integrado e bem .  

Seja no além , no além do além , ou onde bem entenderem .

E depois que vexame  …  passarem por uma obviedade tão  gritante  – o que será que deu errado ?  

Nem um míssel atômico atinge seres tão mitológicamente superiores !

Almas … transgênicas !

Tão desvivificadas que precisam vampirizar o mérito vivo conquistado por outrem .

Usar .

O que não tem e jamais tiveram  mérito para construir.

 

A convicção é um péssimo critério para julgar a verdade ,

e estes  convictos démodés , empalhadinhos de  medievalismo obtuso ,  

além de travarem a expressão  cultural , a busca pelo que existe ,

não se satisfazem com o regime  soft – transcedental  do paraíso e vem se alimentar  exatamente daquilo que execram : a Vida .

 Estes são os vôos espirituais das aves de rapina. Voam em círculo , num resto de vento chamado  Mentira  .

Incrível … nunca chegam no Paraíso – nem  na “ Verdade ”   –   nem  transcendem – nem … !

Ou será que o próprio   “ Self  ”  super-self …  deus …  sei  lá  que confusão  que entendem   >  também  fugiu apavorado ?

E , só pra lembrar , meu blog já recebeu milhões de spams – e cansaram de mandar vírus pro meu email .

Tanta gente sabe disto.

Pro de voces não ?

 

 

–  Nada como a Prática : … de Verdade :  –

 

 

 

Fy

14 Comments »

  1. Oi, licença… ops licença, licença, oi tudo bem?…
    OOi Fy,
    Então, é de manhã agora, to meio chapado com a realidade ainda, momento próprio para o que pode ser impróprio ou não…
    Leio seu blog, vc é extremamente inteligente, já te disse isso. Gosto de você, não preciso afirmar isso, mas sei lá, saiba disso. De vez em quando leio coisas assim que sei lá, daí eu poderia te mandar um e-mail, mas como eu acredito em todo mundo, (até que se prove o contrário), bem, acho que as pessoas aqui podem ler, pq sei lá, NÃO HÁ INTUITO DE FERIR NINGUÉM, até porque palavras não ferem, e é mais ou menos sobre isso que queria conversar, não quero falar entende, (tipo, olha aqui: essa é minha palavra, …sou muito burro pra essas coisas), quero conversar abertamente…
    Não há digamos, um saudosismo em relação ao blog de antes em comparação com os blogs de agora, todos geniais ( quando um ou outro não se bicam) fora isso, tudo transcorre em poesia e bah, o que é pra se enterrar se enterra e beleza, é assim, vivemos melhor se o que está morto já foi… E até morte pode ser cantada…(mas isso não cabe no que to colocando aqui).
    Mas são essas as lutas da vida? Sei lá, não que eu queira dar idéia por que todas acredito que todos já tenham, mas tipo, cara, eu vejo inimigos tbm, e não é pseudo-humildade não, sou mal e metido e tenho preconceitos que caem a todo instante do tipo que faz até conceito virar preconceito, mas não sei dizer e dar nome pra tudo, por isso que acho que palavras só nos alcançam se alcançamos algo nelas que queremos alcançar, e enquanto dá pra substituir o gostar por palavras tá bom, que não seja fixador sobre tempo, mas o ódio, eu sinto ódio, mas acho que até odio pode ser util entende, afinal, as coisas inuteis é que inexistem, mas elas não inexistem por que são abandonadas, elas inexistem por que se desistiram, enquanto isso o direito a vida é uma temática estranha pra caramba. Então tipo, a luta ta aí e tenho essa convicção besta como o resto de mim, que ela é maior, e não é flexibilização do ego nem megalomania não(ou será que é?), pq sempre vai ter um que vai dizer que é pequena, então isso mostra que a teoria de que tudo é muito louco é vigente e suficiente para pelo menos… o mecanismo da linguagem (pra mim).
    Não estou querendo exercer controle enviesado, nem to querendo criar corpo, mas to colocando as letrinhas aqui… por impulso mesmo. E faria por outro motivo?

    Valeu.

    Comment by Elielson — 01/06/2010 @ 11:03 PM

  2. Oi Elielson

    Fez muito bem em não mandar um email.

    Embora vc saiba q pode mandar qts e qdo quiser, como sempre fez.

    Afinal , vc sempre foi bem vindo.

    E , como o post diz , updating: bem vindo a meu convite e mto bem recepcionado por mim, tanto aqui , como no Anoitan.

    Updating again:

    Nada mais natural que eu esteja estranhando q vc , depois de tanto tempo sem vir , apareça agora dizendo : > sei lá.

    Ou falando em controle enviezado.

    Elielson , todos aqui são pessoas muito bem situadas em si e na vida , e num contexto normal , com um coração invejável e farto ,

    e atitudes maiores.

    Não seria possível algum controle enviezado ou reto.

    Aliás… é desconcertante ouvir vc dizer isto.

    Ou dizer : sei lá : – Eu vou mais longe , eu tenho certeza que você não sabe mesmo.

    Nem a metade do que ocorre lá , naquele local.

    Mas preste atenção , e já fica aqui um recado bem dado pra estas obsessivas que não saem do meu blog por não terem o que fazer ;

    Quando eu montei o Windmills , não contei pra ninguém , falei pra você porque achei q vc fosse amigo ,

    e q , exatamente da mesma forma como qdo te ofenderam ,

    – pq , Elielson : o lance lá é baixaria mesmo , e eu deixei isto bem claro e nítido –

    e baixaria sem caráter : DAQUELAS QUE OCORREM POR EMAIL , POR TRÁS DOS BASTIDORES , NUM CINISMO BEM CLICHÊ –

    POIS É , RETOMANDO : QDO TE OFENDERAM DIZENDO Q VC É INCOMPREENSÍVEL e blá blá blá > EU LEVANTEI NA MESMA HORA E DISSE UM PERAÍ .

    Da mesma forma, repito , que fiz com o Guaco . Que , por direito , jamais poderia ter sido destratado.

    Que eu ganhei com isso ?

    Sabe , no momento em que eu fiz , fiz naturalmente ,

    nem pensei na hipótese de surgir uma oportunidade em que eu me sentisse bem : caso algum amigo me devolvesse a lealdade

    ou ao menos fosse coerente .

    Mas , não faz mal , sei me defender e continuo apreciando a lealdade.

    Vc assistiu de camarote ,

    se a sua opinião foi estruturada tendo uma visão nítida e participativa daquele terrorismo ,

    eu te pergunto : o que é sei lá ?

    Ou vc se impressionou com aquele fingimento todo ?

    Vc quer detalhes?

    Te passo por enquanto , por email , mas se quizer , publico aqui também ,

    e você vai se assustar com o que acontece lá , entre as próprias pessoas que sobraram.

    Seja bem vindo , sempre e principalmente porque aqui , não existe fingimento.

    Se existisse , aliás , você não teria se sentido à vontade pra vir agora .

    Legal , não é ? poder contar com certas qualidades que os seres humanos deveriam praticar

    ao invés de se odiarem por trás e se fingirem de “ vitiminhas atordoadas ” ,

    mais : vitiminhas espiritualizadas : “ismíticas” .

    Aliás , vamos e convenhamos , atordoadas até puxarem o cordão da baixaria ,

    aí… o festival rola no palavrão e, o tal do “eguismo” se mostra tal qual é .

    E mais , bateu , voltou .

    Que fique bem claro pra estas fingidas , que literalmente não tem o que fazer e não saem do Wind e nem dos comentários .

    Eu recebi montes de emails me avisando destas baixarias , repito , e as providências serão tomadas .

    Fy

    Comment by Fy — 02/06/2010 @ 12:08 AM

    • Ah esqueci,

      Aqui ninguem jamais escreveu algum comentário lá .

      Se esta MENTIRA fosse – pelo menos – um pouquinho menos descarada , estas pessoas já saberiam de onde veio este comentário – se é que houve e com certeza , já sabem.

      Francamente, ninguem é tão burro assim.

      É MENTIRA , Elielson , além de mentira burra : mais : procure em aqualquer post meu alguma menção das duzias de baixarias e vírus que recebí aqui e no meu email.

      Agora chega : kicking back , my friend : just kicking back.

      Fy

      Comment by Fy — 02/06/2010 @ 12:26 AM

  3. Bom dia Elielson,

    Eu fui uma das primeiras que mandou um destes emails pra Fy,pra cá,pra nós.

    Palavras não ferem? Isto é recíproco ou só vale pra cá?
    Aqui ninguem é surdo.Exatamente como lá. //…//
    Esta fulana é completamente obsessiva,alem de só falar absurdo.Que fale,que fique por lá,que fale em nome do Lúcio Manfredi,sempreceber o quanto isto tudo está depondo contra ele.Se é que ele se incomoda, não sei mais nada também.
    Eu trabalho,filho,ralo pra caramba,numa das agências mais movimentadas de Sampa, e sei o quanto isto é desastroso, pra qualquer pessoa que tem a intenção de atingir qualquer publico.
    Tribo?
    Com o maior orgulho,e sem medidas,porque também já estou bem no limite,se a Fy tem ou faz parte de alguma tribo,me orgulho muito de fazer parte dela.E voce nem imagina até onde ela vai e quantos índios tem,por este mundo afora.Mais:esta tribo funciona.Faz.
    Encheu o saco, tudo isto Fy.
    Me liga.
    Beijo
    Juliana

    Comment by Juliana — 02/06/2010 @ 1:36 AM

  4. achei q vc fosse amigo:

    Não há pq pensar que não sou.

    Comment by Elielson — 02/06/2010 @ 1:41 AM

  5. Então elielson,que é que está acontecendo?
    Amigo é amigo,e quando a Fy passou por tudo aquilo naquele lugar,e não deixou:pediu por favor que ninguem daqui interferisse,voce que estava lá,não se manifestou.O Guaco,que todo mundo sempre gostou teve um ataque de “ladismo” completamente fora de tudo o que diz e sempre disse.Porque?Quem fica em cima do muro,não é amigo,não é leal.Pontos de vista divergem,amizade e lealdade não.
    Desculpa Fy mas se o Windmills é mesmo de todo mundo aqui,eu me sinto no direito de me ofender e de me defender.E vou.Não sou adepta de coisa nenhuma,e não admito que uma desocupada que nem me conhece se ache no direito de “plantar” este pai-nosso DOENTIO,sobre vidas e pessoas que eu respeito e quero bem.
    Ju

    Comment by Juliana — 02/06/2010 @ 1:57 AM

    • Claro que é de todo mundo aqui.

      Inclusive do Elielson. Independente dele querer ou não.

      De longe isto me incomodaria, ou o q eu gosto dele.

      Eu só acho q o mundo está precisando de opiniões.

      E, dentro de um contexto verdadeiro cada um que estruture as suas.

      Temos a vida inteira pra fazer isso.

      Mas, sempre priorizando as verdades que – tão simples – nos dão a certeza que hoje amanheceu , que nossa mãe é nossa mãe e, mais que

      qq coisa : que constróem aquilo que agente chama de carater.

      E eu, Ju , falo em meu nome. Nunca precisei do nome de ninguem.

      Minha admiração pelo outro inclui respeito. Minha admiração : bem claro.

      Fora isto , não sou zen , e nem digo absurdos : porque digo que não sou. Sou francamente humana e reajo.

      Tenho todos os sentidos e sensibilidades no lugar certo.

      Aiaiai, e quem não é humano e reaje ? – ahhhhhhhh : palavras tem q ter conteúdo.

      bjs,

      Fy

      Comment by Fy — 02/06/2010 @ 2:15 AM

  6. eu te pergunto : o que é sei lá ?

    … Talvez uma fuga de não querer dizer por ser imcompreensivel, mas vamos lá:
    Tudo circunda a gente e é sentido, não há como dizer que não há uma intenção na vibração que é sentida, e que ressentida também vibra o proximo, a quem não cabe o papel de vitima, não cabe nenhum papel, se lembra Fy, vitima e senhor…, essas coisas estão concentradas em nós, nós mesmos, esses conceitos vão até onde emprestam-se para outras vidas, de cristos a bandidos da luz vermelha há um fluxo que vai e vem, doando e se tomando, por isso que aceitação e negação também tem seu equilibrio, tudo circundando ao redor da alma. Dá pra aceitar tudo que é bom sem que pra isso escolha parte, pois o bom também é infinito, e é escolha do que existe. Eu tenho uma rotina que anda no sentimento e alienação também, mas pra mim é dificil explicar. Se a palavra vibra pra que todos não olhando pro bem possam vir a enfrentar um mal, que seja o mal mesmo, o malzão que vixe, toma conta dos corações que parecem ter abrido o inferno mais profundo e invisivel e deixado sair monstros que esses sim, se não são incompreensiveis, digamos que são mantidos, custeados e existentes somente e devido a essa anomalia entre as aceitações e negações.

    Comment by Elielson — 02/06/2010 @ 2:06 AM

    • Elielson eu jamais te achei incompreensível!

      Seu post aqui é um dos mais acionados.

      O autor e poeta de algumas gravuras que eu coloquei lá > veio aqui “pessoalmente” elogiar teu post e assinar o comment.

      Outra coisa ” minha ” e que é uma das minhas propostas aqui no Wind: – Este palavrório sobre Bem e Mal já deu , Elielson.

      “Bem” – nesta altura do campeonato é olhar um pouco pra o nosso mundo.

      Pra nossa Humanidade : arregaçar as mangas e a “mente” e produzir o Bem.

      Olhar pra o lado : se enfiar nas coisas , participar de corpo e alma.

      Agir. Acreditar no mundo – socorrer – rir – chorar : se indignar – DIZER NÃO > LUTAR PELOS SIM-S .

      Ou alguem destas palhaças se convenceu mesmo que não pertence a este lugar ???

      Ou te convenceram com estes papos medievais sobre Limbo e Purgatório?

      Escuta, eu saí de lá, exatamente no dia em q me disseram que Jesus :

      ainda era vítima do [aiaiai] próprio “ego” qdo entrou no Templo e se indignou qdo

      percebeu que aquilo tinha virado uma feira.

      Imagina agora : e através de todas estas épocas – em que viraram de tudo –

      : se ele entrasse e pescebesse que virou um canil de pedófilos ?

      E terminaram dizendo que Jesus só “constelou seu self” – aiaiai – quando foi crucificado na cruz .

      Olha , my friend : desculpa > mas – sabe > eu só te desejo muito Sol – Força – Alegria e Vida.

      Vc tem 20 e poucos anos.

      E, sem esta nossa Terra e a Vida : nem absurdos agente vai mais conseguir ouvir.

      Bjs

      Fy

      Comment by Fy — 02/06/2010 @ 2:35 AM

  7. A Tristeza é fascista.

    A Frustração é fascista.

    A Inferioridade é fascista.

    Não se acanhe.

    Comment by anonimo — 02/06/2010 @ 2:49 AM

  8. Limbo e Purgatório é o cérebro desta fulana,Fy.

    Um pra cá, dois pra lá. Chega de absurdo. Já não chega o Lula? e o pasmacismo geral?

    Ju me liga:voce não atende.
    bjinhos
    Carol

    Comment by Carol — 02/06/2010 @ 3:22 AM

  9. AUAHAUAHAUAHHAUUAHHAU !!!!!!!

    Fy,pessoas francamente!!!!!!!!!!!!! Eu nunca lí nada mais risível do que aquilo.

    Ju, palavras ferem sim. Isto não são palavras,Ju. Palavras são uma particularidade de quem “fala”. Não é o caso.

    Carol, isto não tem limite não. Daqui pra frente é caminhão de merda, pra baixo.

    Fy, o mais divertido é ela pensar ou inventar que algum comentário nefasto saiu daqui. Eu não acho que o lance do comentário seja mentira, ahahahahah tenho certeza que é verdade. auhauahuahhauuaha. Só que, aqui, nesta tribo, o pessoal se ocupa com outras coisas. E olha o quanto é triste por não ter saído daqui!

    O mundo tá cheio de gente que não ‘se’ acontece, esta frase tua foi furiosa, chega disso, né Fy, fora os que quando acontecem,sem querer levam um susto, caem da atitude e entram em coma.

    Que falta de senso do ridículo.
    Isto se chama subir a montanha com as pernas dos outros.
    Chato pra os outros que acabam emprestando as pernas e indo parar em lugares não merecidos.

    beijo aê

    TocaYo

    Comment by TocaYo — 02/06/2010 @ 3:47 AM

  10. Sim, mesmo a mim, que vivo só de viver,
    Invisíveis, vêm ter comigo as mentiras dos homens
    Perante as coisas,
    Perante as coisas que simplesmente existem.
    Que difícil ser próprio e não ver senão o visível!

    êta Pessoa!

    bj Tocayo
    bjinhos

    Ju

    Comment by Juliana — 02/06/2010 @ 4:01 AM

  11. Oi Fy,

    A Ju mostrou aqui pra nós o tal do filminho trash.

    Sinceramente, eu invisto nas gargalhadas do Tocayo.

    Dei uma olhada nos outros também, Fyyyyy, sem comentários. Este seu post é, sinceramente uma pérola ……

    Com o mercado de filmes mais do que saturado de zumbis, vampiros pra todo o lado, apelações quânticas, eu tive a impressão de estar confuso e deslocado numa colagem do Return of the Living Deads, de carona numa macabra máquina do tempo. Claro que com a Ju mapeando a trajetória parabólica dos mais gritantes besterois que eu já ví alguem recolar.

    Fyyyyy – ! eu pensei em alguma coisa mais… alguma coisa! po…

    Sagan, durante o making of de “Time Travel”:

    Eu tenho sentimentos ambíguos. O explorador e experimentalista em mim gostaria muito que fosse possível. Mas a idéia de que ir ao passado poderia me fazer desaparecer de forma que eu nunca tivesse vivido é um pouco inquietante.

    Legal e melhor instalado estaria neste site aqui:

    http://despropaganda.zip.net/

    beijo pra você e abçs a todos.

    João Pedro

    Comment by João Pedro — 02/06/2010 @ 6:41 AM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: