windmills by fy

26/08/2010

Libertinagem

Filed under: Uncategorized — Fy @ 1:44 PM

 

 

 

 

 

 

 

Pois é , antes de continuar falando sobre a Pele , sobre a Consciência ,

ou sobre a conexão profunda entre o ser e a vida ;

vou falar sobre :  Libertinagem .

 

 

Mas antes , vou escrever rapidamente sobre um outro aspecto da pobreza de espírito ,

além da inveja , da ganância  e da escassa  perspectiva.

Vou falar sobre o Parasitismo .  

 

 

Parasitas são organismos que vivem em associação com outros dos quais retiram os meios para a sua sobrevivência ,

normalmente prejudicando o organismo hospedeiro : um processo conhecido por Parasitismo .

Todas as doenças infecciosas e as infestações dos animais e das plantas

são causadas por seres considerados , em última análise : Parasitas .

O efeito de um Parasita no hospedeiro pode ser mínimo , sem lhe afetar as funções vitais , como é o caso dos piolhos ,

mas pode até poder causar a sua morte , como é o caso de muitos vírus e bactérias patogénicas .

Neste caso extremo , o parasita normalmente morre com o seu hospedeiro ,

mas . . .   em muitos casos , o parasita pode ter-se reproduzido e disseminado os seus descendentes ,

que podem ter infestado outros hospedeiros , perpetuando assim a espécie .

 

 

Volto à esta explicação logo mais .

 

 

Antes , e não sem tempo , imagino o quanto deve  ser  frustrante a incapacidade de inaugurar um caminho próprio .

Ter que caminhar usando estradas construidas por outros , … sempre por outros .

Pior : por outros que se detesta ou que se despreza .

Alem do que , ah . . . é vergonhoso .

Mas isto é tão comum nos fracos e pobres  de espírito ; nos invejosos .

 

 

E os pobres de espírito são sempre muito engraçados ; acabam mesmo virando piada .

E são caras de pau ; ah . . .  tão caras de pau que acabam se estereotipando .

Um de seus mais característicos maneirismos é se desfazer . . .  dos que . . .   fizeram por eles ,  ahahah . 

Ou seja :  caminhar com a mais ridícula cara de pau ,

por caminhos que jamais elaboraram , desfazendo-se  dos verdadeiros criadores .

A pretensão é mesmo hilária .

Pior : é tão comum . . .

 

   

Mas o que se pode esperar de pessoas que confundem  Verdade  com caldo Knorr :

tempera tudo e qualquer coisa , da mesma forma .  Já vem pronto e  embalado .

Gente que repete . É claro .

Gente ” repetida ” .

Ou que acham o tal Pondé um tesão de “filósofo” ?

 

 

Ah , até que jogar fora o legado alheio é nada   quando o caviar filosófico e espiritual  

consiste em queimar e matar pessoas bobas …. :  pessoas . . .  porque são bobas . . . : chacinem .

Mas que apelação !  . . .  é Gesuis ou é Pondé ?

 

 

 

Pois é ,

No meu blog nada se joga fora  porque é : meu .

E é meu mesmo .

E ser meu significa só : fui eu quem construí. 

Desde o comecinho .

Mas ,  isto não significa que , depois de tê-lo feito com o intuito de que outras pessoas aqui deixassem seu parecer ,

suas visões , suas idéias , eu pudesse sequer   “ achar ”  que teria o direito  de jogar alguma coisa fora . [ ? ]

Isto é respeito . Inclusive a mim . À minha intenção . 

Respeito à Liberdade de ter tido a liberdade  de abrir um espaço comum .

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagine então a falta de respeito e  de . . .  educação , inclusive , ahahah

afirmar que alguma coisa escrita por qualquer outro alguem . . . qualquer :  

a convite franco e aberto , … ainda de  “ outro ” alguém ,  vamos deixar bem claro ,

possa ser jogada fora !

 

 

 

Não por mim , o que é meu está aqui dentro , no coração , e sempre se renova ,

aqui,  não há verdades que representem mais do que as que estão por chegar ,

Mas . . .  eu gosto , há anos , de ler as pessoas que escreveram por lá .

Adoro que tenham escrito .

De alguma forma são meus amigos . . . . de tempos . 

E respeito , . . . até porque tiveram mais discernimento do que eu .

 

 

Sei que não foi a primeira grosseria , nem será a última , mas . . .  – que grosseria !

E Salve Alexandria !

 

 

Coisas de caronistas .

 

Coisas que eu lí.

Pois é . Me avisaram , e  eu lí.

Lí .

 

 

Mas como o tema é Libertinagem , e embora toda a minha observação acima seja um excelente exemplo ,  

vamos considerar mais um ,   tão exdrúxulo quanto :

 

 

Libertinagem ,

da mais vil e deslavada é afirmar uma monstruosidade desta em um programa de televisão e ser considerado ” filósofo” :

 

 

Para eles . . . [  ” eles ” é qualquer pessoa que tenha um mínimo de consciência e Cultura , . . . claro ] , queimaram-se  milhares de mulheres e homens inteligentíssimos na Idade Média.

A  ” verdade ”  é :  :  :  que provavelmente a maior parte dessas infelizes vítimas era gente boba mesmo .

 

 

–  Vou repetir pra não haver erros:

 

 

 

“A ” verdade “ é que provavelmente a maior parte dessas infelizes vítimas era gente boba mesmo.”

 

Pois é ,

verdade ” .

 

 

Em nome de  ” verdades ”  tão pobres e podres  quanto esta , a desumanidade se instalou .

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais libertinagem ainda é dizer que este fulano é filósofo . . . .  ou ” é ” .

 

 

E é claro que esta afirmação não veio de sua  ” telha ”  : de onde será que veio ?

Onde será que ele aprendeu tanto respeito , tanta consideração pela Liberdade …. pelo ser humano  ?

Não é difícel imaginar . . .

 

 

 

E confesso . . .  , que considero  necessário algum raciocínio … 

daqueles bem simples , pincelado com algum retoque de Lucidez .

Alguma , qualquer uma …

qualquer tipo de Lucidez .

Que alíás , costuma ser farta e generosa quando germina em um terreninho livre de ervas daninhas .

 

 

 

Verdades ?

 

 

 

A pretensão é grotesca .

E parasita .

 

 

 

 

 

 

Ilustrações :

a Pretensão alheia

Gravuras :

Gary Fernandez

 

 

  

Fy

23 Comments »

  1. Caramba que gravuras lindas !

    Fy, eu acho até ótimo que apaguem! É só copiar o que interessa. O resto, é economia de telefone.

    beijo
    André

    Comment by André — 27/08/2010 @ 3:41 AM

    • Bom te ver por aqui.

      Ah … ficou indignado tb, né ?
      beijo
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 3:47 AM

  2. Fy, o que mais se poderia esperar? Demorou. A inveja é um mal que corroe. Impossível disfarçar.O sorriso da inveja é sempre um esgar. Não tem como esconder, não dá.

    Lindas mesmo as gravuras.

    Beijo
    Abraço aí pra todos, voce volta quando?
    João Pedro

    Comment by João Pedro — 27/08/2010 @ 5:59 AM

    • Lindas mesmo, ahahah

      Tem mais? Pode mandar mais: adorei.

      Eu sei, Pedro, sei de muito mais, mas não é problema meu. Na verdade, o Thomas tem razão, ainda faço parte das pessoas que sentem e faço questão de sentir.

      bjs
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 3:50 AM

  3. O que é a indignação, hein?

    Fico me perguntando se para o Pondé dizer o que diz ele não está indignado com algo também. Mesmo se o que ele diz não seja coerente.
    Nunca saberemos, pobres mortais, imersos em dúvidas.

    Thomas.

    Comment by Thomas — 27/08/2010 @ 9:26 AM

    • Hi man,

      Pior que a dúvida é viver imerso em indagações sem fim.
      Qq resposta ou indagação em relação a este raciocínio “pondense” me faz mal.
      E o melhor [ eu acho ] foi q esta sensação de mal-estar foi aumentando, e o que no início eu posso traduzir por Espanto foi se configurando melhor à medida que o espetáculo se manifestava.

      Teu ultimo post tá inacreditável.

      Eu quase fiz um post com algumas observações suas. Mas te falo depois. Eu não acredito como o tempo tem corrido! Pareço uma maluca tentando alcançar!
      bj
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 3:58 AM

  4. Oi Fy, moçada,
    óooooootimo post.
    De cara vou lembrar que o hospício é o lugar mais repleto de verdades indiscutíveis, em seguida, me considerem totalmente solidário à esta manifestação de indignação.Tudo o que está faltando é indignação.

    Eu não acredito que este tal safado estivesse indignado não, Thomas, pra falar uma barbaridade desta ele estava é contando com a falta de indignação e indiferença que parece ser a curtição do momento.
    Basta ver o que a “falta de indignação” fez com o nosso país. Estamos nas mãos dos piores facínoras da atualidade, incluidos num plano também facista sem nos indignar.

    Aquela fulana é uma facista, Fy, não ficou claro tudo isto?
    Os emails internos não provaram claramente as intenções?
    Isto é lama.
    E muito me orgulho da sua indignação.
    Eu se fosse voce ia mais longe ainda, e explicava direitinho o que aconteceu lá. As intenções de uma pra com a outra etc…
    De resto, que fiquem com os prêmios, destilando cinismo entre si.
    Ou voce acha que alguem alí HUAHUAHUAHUA é capaz de admirar alguem, ou respeitar?
    Conta outra, vá!

    Dá uma olhada no vídeo que o Reinaldo Azevedo postou.
    beijo a todos
    tio Gus

    Comment by Gustavo — 27/08/2010 @ 11:00 AM

    • o hospício é o lugar mais repleto de verdades indiscutíveis.

      I Know!I did an internship at … – my bad!

      Ví o vídeo.
      O Acid tb fez um post bem legal, lá no SDM.
      http://www.saindodamatrix.com.br/

      Bj
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 4:06 AM

  5. Tio Gus,adoro sua indignação.
    Mas Fy, vamos e convenhamos amiga, voce está solicitando lucidez e caráter?
    Onnnnnnnnde?
    pra quemmmmmmmm?

    Ví o vídeo tio Gus.
    Esta eleição vai dar confusão,tenho certeza.

    Vou pra casa de lá te ligo.

    bjinhos
    Ju

    Comment by Juliana — 27/08/2010 @ 11:21 AM

    • Onnnnnnnnde?
      pra quemmmmmmmm?

      ahahahahah!

      Freud !!!!!!!!!!!! quem me ensinou, baby!

      bjs
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 4:18 AM

  6. Boa noite para todos voces e espero que estejam aproveitando o frio.Pelo menos aqui em São Paulo a temperatura está lá em baixo.
    Bom, desta vez estou meio por fora do assunto, mas posso comentar o seguinte;por experiencia propria sei perfeitamente que certas atitudes são revoltantes e provocam indignação. Seria imoral e muitas vezes desumano não sentir indignação. Mas é preciso estar preparada pra enfrentar uma discussão com este tipo de pessoa.Justo por esta falta de moralidade, falta de caráter, são pessoas que não conhecem limites,e muitas vezes a ausência destes requisitos representam armas que não temos.
    Quanto a pretensão,Fy, esta é mesmo grotesca.

    Gustavo, concordo com todas as suas palavras.
    Quando foi que imaginamos que sentiríamos medo destes políticos vandâlos?Eu me sinto amedrontada com esta eleição.

    beijo
    Sofia

    Comment by Sofia — 27/08/2010 @ 2:29 PM

    • Oi Sofia.
      É verdade sim, elas dispoem de armas que não temos.
      Mas temos as nossas. Eu adorei qdo o Thomas definiu o post : Indignação. ´
      Com esta pandemia de estocolmismo, é uma arma e tanto .
      Quem sabe fazendo uso conseguimos defender valores que, afinal de contas nos definem como humanos ?

      Tá muito frio, sim. Ontem eu dirigi na serra, nossa que gêlo!
      bjs
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 4:26 AM

  7. Olha eu de novo!
    Corrigindo meu êrro: vândalos.
    beijo
    Sofia

    Comment by Sofia — 27/08/2010 @ 2:31 PM

    • Ah … então tomara q vc escreva tdo errado!
      bj
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 4:27 AM

  8. Oi todos,

    Cheguei agora , tá frio demais, vou dormir e amanhã respondo tudinho.
    bj
    bjs pra todo mundo.

    Fy

    Comment by Fy — 27/08/2010 @ 4:57 PM

  9. Aê Gustavo, , vamos acender alguma luz nesta indigna opacidade menopausica.

    Indignar-se é uma arte, senhores.

    Hoje em dia, uma raridade reservada aos que se propoem à honestidade e à franqueza.

    As pessoas se desabituaram destas sofisticadas essências.

    E até concordo com a libertinagem. É impressionante o que ela é capaz de revelar.É delatora.

    Vamos começar pelo tal sujeito aleijado, o camarada Pondé. Aleijado de caráter. Aleijado de humanidade, hitleriano e doente. Num mundo correto, uma declaração desta é aberração, crime “berrante” contra os Direitos Humanos.

    Considerar ou enfatizar, trazer ao público uma declaração destas sob o conceito de ‘filosofia interessante’ e perguntar se este pulha é digno de sua crítica, Fy, é o desenho deste perfil. Aquele parágrafo é uma reunião de dados pessoais mais que suficientes pra se complementar um perfil do caráter e dos limites da distorcida visão insuflada, no mínimo pela ignorância megalômana desta observadora. Um retrato.
    Eu só me admiraria caso você não se indignasse.

    Depois vamos navegar entre os besteróis do Mar em que estamos submersos e contra o qual nada podemos.

    Em seguida vamos copiar 2 ou 3 ou mais paragrafos da Rubedo ou do Scielo e vamos falar de Psicologia&Homem, ou da Psicologia dogmática e precária redundante em garagens onde se propaga a ignorância dos cultos numa honesta troca pelos dízimos dos analfabetos; entre parágrafos hilarizados por mistura azedada onde a Ignorância envenenada pela amargura canibaliza completamente o ser e o estar.

    Isto tudo depois de assistir bizarros gritinhos menopausicos de espasmos contorcidos por iluminações dantescas que só o climatério distorcido oferece à alma de um corpo frustrado.
    Isto tudo numa escandalosa confusão de conceitos misturados, sem nenhum segmento, nem lógica e nem mesmo a falta de lógica , o que também é uma arte reservada aos capazes e aos exigentes.

    Nem bêbado sou capaz de aguentar tamanha falta de elegância intelectual , moral e verbal.

    Chega de hipocrisia. Chega de dedos onde só a brutalidade se desenvolveu.

    Pulp noir vulgar e caótico, de egos decapitados, almas escolhidas, cristos sangrentos em cruzes radioativas, pregações anti-realidade retiradas de conclusões junguianas escavadas nos parágrafos dos cultos sabáticos das Testemunhas de Jeová.

    Dei um pulo lá e “reconhecí” huahuhauha uma foto de Crono (ou Saturno, na versão latina) esperramada numa visão caótica sobre a teoria dos opostos onde o Bem e o Mal sambam num carnaval regado à iniciações torturantemente cafonas e sangrentas.

    Mas… Crono é uma imagem reveladora, delatora… safada esta imagem…. Huahuhauhuhauahhau: Crono fora avisado: um dos filhos cresceria e acabaria por derrotá-lo. Por pavor, o titã comeu-os um a um.

    Isto só resume em poucas letras o comportamento do indivíduo que não consegue ser grande: nem em caráter e nem em intelecto. Sua perspectiva anã, percebe rapidamente esta sua incapacidade e seu comportamento, também anão, se aperfeiçoa daí em diante e progressivamente numa batalha desesperada de diminuir os outros acabando por exterminá-los.

    E cá pra nós,…,sem esquecer a também hilária e transparente lacuna das intenções mal e mal camufladas boiando na bacia enferrujada das frustrações.Sem disfarce e agressivamente entre estrofes de puz e ‘enaltecimentos aos encantos da maturidade dos anos’ lê-se efusivos imaginários fabulosos, colocando-se inevitavelmente como protagonista dos seus enredos, não heveria como suportar um personagem que esbanjasse vida e sem um único esforço que não o natural atraísse as atenções pretendidas. Pura distorção despeitada.

    Isto não passa de uma busca desesperada por um pouco de brilho e é banal em pessoas opacas.
    Banal.
    Chato.
    Beijo a todos.
    (tio) Renato

    Comment by Renato — 28/08/2010 @ 1:23 AM

    • Banal.
      Chato.

      Vc é, … demais.!
      Que mais eu posso dizer ?

      ah … vou olhar o que o Freud disse … depois eu volto.Tá bem ?

      bj no teu coração!
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 4:34 AM

  10. Sofia, todos estamos amedrontados. Talvez seja um bom sintoma. Vamos torcer por isto.
    Abraço
    Renato

    Comment by Renato — 28/08/2010 @ 1:37 AM

  11. Quem…Que?

    well,well,well,
    A pretensão é grotesca.
    E parasita.

    beijo
    Camila.

    Comment by Camila — 28/08/2010 @ 1:42 AM

    • Nem queira….
      nem queira.

      bjs
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 4:34 AM

  12. Aloha
    Meus cumprimentos capitão.
    Não poderia ser melhor explicado.show de bola.
    Coisa fraquinha que dádó.”b”.
    mas é e foi revelador.um quarto escuro onde uma porção de varais expõem os caráteres e as alminhas deste povo dissimulado.
    Vou deixar uma matéria interessante pra quem gosta de fotografia. nem sei se deixo ou faço um post. O JPedro vai gostar, a Ju, e todo mundo.Mas a idéia gira em torno da bagunça desorganizada de um quarto escuro.um caos. e isto em torno do conceito de que o caos é definitivamente sincero em suas criações.O caos não elabora, ele simplesmente “lida” com a matéria prima de que dispõe.
    E uma tamanha matéria-prima hahauahaahahhahaha zigunzeada daquela, só podia ‘revelar’ aquele circo.

    A expressão “queimar o filme” nunca poderia ser melhor utilizada do que neste cauuuuso. Além de queimar o filme, seja de quem for que escreveu por lá, a ganância da generala agora quer jogar as cinzas no lixão conceitual da confusa percepção rasa do desesforço intelectual ressentido.

    Eu agradeço à revelação.
    E como diz o Manfredi: que saudades do Franco Atirador.
    Sei lá, também, isto tudo até balançou a imagem bacana que agente tinha.

    Vou mandar o ensaio por email Fy, acho que vale um post.
    Gosto das tuas fotos e do que elas revelam.

    Hoje é sexta e um sol merecido encheu o mar de bom humor.
    Quem ainda não correu, vai lá. boa pedida.
    témais
    TocaYo

    Comment by TocaYo — 28/08/2010 @ 2:35 AM

    • Eu já fui.

      tb gosto das tuas fotografias.

      cheias de sol.

      bj
      Fy

      Comment by Fy — 28/08/2010 @ 4:36 AM

  13. AHHAUUHAUUHA

    QUE SOL!

    beijo
    TocaYo

    Comment by TocaYo — 28/08/2010 @ 4:56 AM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: