windmills by fy

01/11/2010

31 / 10 / 2010 : NOSSO INESQUECÍVEL HALLOWEEN .

Filed under: Uncategorized — Fy @ 7:22 AM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Democracia  :                                         

O Governo existe e trabalha para o bem do Povo.

 

Ditadura :                                             

 O Povo trabalha para o bem estar do Governo.

 

     .                                                

 

Eu hoje  votei  no  Serra :  

 

VOTEI   PELA DEMOCRACIA .

 

 

 

 

Pois é .  passamos sim, por um período tão absurdo , que batizei de período ” cínico ” .

Ah    . . .   –  Fomos os palhaços do show : não há ilusão .

Nossas inteligências , pra não falar de atributos  mais  sofisticados , foi tratada como aquela   ” mulher gorda ”  do circo : aquela que sobe ao palco

pra ser escarnecida  e provocar gargalhadas .

 

 

 

 

 

… outro dia eu lí , lá no Saindo da Matrix , um petista bastante desrespeitoso … comentando … ou melhor :  agredindo … 

ele repetia  ” solenemente ” :  – AGORA …  é a vez dos pobres !

E , imediatamente me perguntei :             – e aí Mané ?  … depois de 8 anos . . .  ” AINDA  ” é a vez dos pobres ?

– Não parece estranho ?

Você está sendo pouco efusivo  . . .  > seu grito esperto está . . .  mal – colocado : grite   es-per-ta-men-te   :  – ” CONTINUA ”    SENDO A VEZ  DOS POBRES ” !

 

 

Pois é. – E o  que seria do PT se não houvessem pobres …. ? –  . . .  ?

A prioridade ,  – os planos deste … partido … é que haja sempre . . .  ” pobres ” .

Cada vez   ” mais ” . . . :    pobres .

Alegremente mantidos . . .  pelo  ” que ”   e   pelo   ” quanto ”  o governo decide que eles  ” podem ” comer .  ou    ” saber ”   ou   ” dizer ” .    Como em  Cuba e agora , na Venezuela .

é o seu público : a Ignorância – a Necessidade – a Anti-Cultura ….

A  Manutenção da Pobreza .

Todos os despotismos dependem dela e de suas consequências para se instalar    e …   claro : se manter . 

Entregamos a nação para a maior e mais terrível reunião de governantes  déspotas e boçais  do mundo atual .

Triste isto .

Mas . . .   é só o começo.

 

 

Voltando ao deseducado  comentarista que ,  sinceramente ,  agrediu as minhas possibilidades em relação à lógica  :    

–  oohhh  esperto … perceba  :   –  é a 3ª vez dos pobres  ….  e  isto inviabiliza  o uso da expessão    ” agora ”  .

Oh my ….   –  Será que é a precariedade da bolsa-família que faz com que os cérebros   f a l h e m  assim   ?

 

Em Cuba … os cubanos já estão desta forma : abandonando-se .

Quando alguém   ” dá um jeitinho ”    de comer melhor e volta a sentir o impulso do raciocínio : por  efeito de alguma dose mais rica em sais minerais –    

. . .  nem que seja um lampejo  . . . por um breve momento . . .  ,

 < < <  > > > some :    > ou fuzilado   >    ou jogado em alguma jaula  . >>>

Afinal , . . . eles tem uma lista de profissões  . . . ” permitidas “.   Pra que   ” raciocinar ”  ?  [ : jumentos trabalham melhor e com mais eficiência . ]

Com a benção do papai Castro . O exemplo e ídolo  do nosso . . .   ditador .

 

Hoje , pela última vez falo de política : e isto enquanto podemos   ” ter blogs ”  ou   falar . Enjoei . 

E com o intuito de prestar homenagem a todos os que lutaram pela Democracia : mesmo sabendo que teríamos que ” educá-la > aprimorá-la > exigí-la ” ,

vou colocar um artigo excelente do  Reinaldo Azevedo  , que foi um herói durante este ” governo lula ” – . . . e que continuará sendo , enquanto puder . . .

 … eu não concordo com suas apologias religiosas : mas . . . > elas existem porque ” dentro ” da Democracia , a mesma razão pela qual , posso e discordo .

Cumprimento também   o   Pedro Albuquerque  ,   Marques Patrocínio ,  

o   TocaYo : que junto comigo foi autor de cada texto sobre … política … ,  o   Acid do SDM que também não poupou fôlego e inteligência , entre outros . . .

A todos meus parabéns pela lucidez , pela perspectiva e sobretudo pelo amor à Dignidade e  ao Brasil .

– Pra quem . . . ainda  gosta de ler :

 

 

 

 

por Reinaldo Azevedo :

 

 

–  Afinal , o que queremos  ?

 

 

Leia editorial do Estadão :

 

 

Encerra-se hoje a mais longa campanha eleitoral de que se tem notícia no País , e certamente em todo o mundo :

oito anos de palanque na obstinada perseguição de um projeto de poder populista assentado sobre o carisma e a popularidade de um presidente que ,

se por um lado tem um saldo positivo de realizações econômico-sociais a apresentar , por outro lado , desprovido de valores democráticos sólidos ,

coloca em risco a sustentabilidade de suas próprias realizações na medida em que deliberadamente promove a erosão dos fundamentos institucionais republicanos .

Essa é a questão vital sobre a qual deve refletir o eleitor brasileiro , hoje , ao eleger o próximo presidente da República :

 

 

até  onde  o  lulismo  pode  levar  o  Brasil   ?

 

 

 

Quanto tempo esse sentimento generalizado de que hoje se vive materialmente melhor do que antes resistirá às inevitáveis consequências

da voracidade  com que o aparelho estatal tem sido privatizado em benefício de interesses sindical-partidários ?

Tudo o que ambicionamos é o pão dos programas assistenciais e do crédito popular farto e o circo das Copas do Mundo e Olimpíada  ?

Lamentavelmente , as questões essenciais do País não foram contempladas em profundidade pelo pífio debate político

daquela que foi certamente a mais pobre campanha eleitoral , em termos de conteúdo , de que se tem notícia no Brasil .

Mais uma conquista para a galeria dos   “ nunca antes neste país ”   do presidente Lula , que nessa matéria fez de tudo .

Deu a largada oficial para a corrida sucessória  , mais de dois anos atrás  ,   ao   arrogar-se o direito de escolher sozinho   a candidata de seu partido .

Deu o tom da campanha , com a imposição da agenda   – a comparação entre    “ nós e eles ”  ,   entre o   “  hoje e ontem  ”  ,   entre o   “ bem e o mal ”  –   e com o mau exemplo de seu destempero verbal   .

 

 

 

Uma das consequências mais nefastas dessa despolitização que a era   lulo-petista tem imposto ao País

como condição para sua perpetuação no poder  : é o    desinteresse  –   resultante    talvez do desencanto   –  , ou pelo menos : a indulgência  ,

com que muitos brasileiros tendem a considerar a realidade política que vivemos .

A aqueles que acreditam que podem se refugiar na    “  neutralidade  ”  ,   o antropólogo Roberto DaMatta se dirigiu em sua coluna dessa semana no Caderno 2:

 

 

“Você fica neutro quando um presidente da República e um partido que se recusaram a assinar a Constituição

e foram contra o Plano Real usam de todos os recursos do Estado que não lhes pertencem para ganhar o jogo  ?  

( … ) Será que você não enxerga que o exemplo da neutralidade é fatal quando há uma óbvia ressurgência do velho autoritarismo personalista por meio do lulismo  ,

que diz ser a   ‘  opinião pública  ’   ?

O que você esperava de uma disputa eleitoral no contexto do governo de um partido dito ideológico  , mas marcado por escândalos  , aloprados e nepotismo  ?

Você deixaria de tomar partido , mesmo quando o magistrado supremo do Estado vira um mero cabo eleitoral de uma candidata por ele inventada ?

É válido ser neutro quando o presidente vira dono de uma facção , como disse com precisão habitual FHC  ?

Se o time do governo deve sempre vencer porque tem certeza absoluta de que faz o melhor , . . . pra que eleição  ?  ”  ? ? ?

 

 

Quatro anos atrás , nesta mesma página editorial , dizíamos que   “  as eleições de hoje são o ponto culminante da mais longa campanha eleitoral de que se tem notícia no Brasil .

Desde 1.º de janeiro de 2003 , quando assumiu a Presidência da República , Luiz Inácio Lula da Silva não deixou , um dia sequer , de se dedicar à campanha para a reeleição .  [ CASTRISMO : PURO . ]

 Tudo o que fez, durante seu governo   ( … )   teve por objetivo esticar o mandato por mais quatro anos  ”.

Erramos .

O horizonte descortinado por Lula era , já então , muito mais amplo .

Sua ambição está custando à Nação um preço caríssimo que só poderá ser materialmente aferido mais para a frente .

Mas que já se contabiliza em termos éticos , toda vez que o primeiro mandatário do País desmoraliza sua própria investidura e não se dá ao respeito .

Mais uma vez , essa semana , no Rio de Janeiro , respondeu com desfaçatez a uma pergunta sobre o uso eleitoral de inaugurações :

 

 

“  Não posso deixar de governar o Brasil   ” por conta ” das eleições  .  ”

[ NÃO É  ?   . . . QUE BOBAGEM . . .  ! ]

 

Ele  :  que , em oito anos no poder , só pensou em eleições  !

 

 

———————————————

 

 

 

 F E L I Z      H A L L O W E E N 

 

 

 

 

Fy

 

 

 

8 Comments »

  1. é Fy, hj é dia das brxas merrmo…rs

    http://psiqueativa.blogspot.com/2010/10/coracao-nascimento.html

    bjs

    Comment by caio — 01/11/2010 @ 3:44 PM

    • Ah Caio ….

      Nem fale.

      Por mais q agente esperasse : dói.

      Adorei teu post …
      E nem postei nenhuma música q vc me deu !
      ai q raiva.

      Misturada com desencanto e decepção, nãoénão?

      bj
      Fy

      Comment by Fy — 03/11/2010 @ 12:59 PM

  2. Em nossas portas lá estava ela com sua retórica pergunta “Ditadura ou fome?”.

    Em nosso inesquecível halloween não tivemos crianças em nossas portas com a típica pergunta “Trick or treat?” e sim uma déspota ilusionista (hoje sabemos bem a perícia de sua ilusão junto aqueles que dela se alimentam) que conseguiu vender alienação disfarçada sob ares de democracia e respeito à liberdade individual.
    Nesse halloween, o tão conhecido Palocci (homem que respeita a liberdade individual ao ponto de quebra o sigilo bancário de um caseiro) era quem entregava à presidente eleita as folhas redigidas para seu primeiro discurso, folhas essas que ensaiavam uma declaração de liberdade de imprensa que será respeitada, depois disso só me falta escrever a papai-noel e pedir-lhe que ressuscite Dom Pedro II (Lembrei-me que quem ressuscita os mortos é Jesus e lembrei-me que até seu representante nazista na terra guiou seu rebanho nas urnas, liberdade religiosa? País laico? O dia que não ver mais nenhuma cruz em um tribunal de justiça, escola ou qualquer repartição publica, acredito também nessa declaração de liberdade escrita por Palloci e repetida por NOSSA presidente, enfim, sem referencia ao estimado Zé Carioca, temos um papagaio de pirata com faixa presidencial).

    Ainda nesse primeiro discurso, e ainda perplexo pelo sorriso de vitória no cara-de-pau de Palloci lembrei-me de Maquiavel que nunca esteve tão atual em mim: “A primeira impressão que se tem de um governante e de sua inteligência, é dada pelos homens que o cercam” – [O Príncipe], Maquiavel. Pena nossos irmãos brasileiros eleitores dessa déspota só conhecerem Maquiavel em citações pelas bocas de suas personagens de novelas globais favoritas.

    Fiquei indignado por esses mais de vinte milhões de eleitores que se abstiveram de votar e que poderiam ter mudado o final dessa tragédia, que a história os perdoe por terem vendido sua liberdade por um final de semana prolongado. Mas como diria um certo poeta inglês “Nasce um tolo a cada minuto” e contra isso nada podemos e disso todos os espertalhões de nossa republica se aproveitam.

    Queria escrever muitas coisas, mas somente o silêncio no momento será salutar. Saímos desses últimos meses com a certeza de desmistificar um dito popular “Em terra de cego quem enxerga é rei”, não, “Em terra de cego quem enxerga perseguido é”. Só não esperem que nos façamos de cegos nos próximos quatro anos, mesmo perseguindo, por aqui continuaremos, respeitamos a maioria legitima das urnas, mas nem por isso abaixaremos nossas cabeças. As tintas ainda estão guardadas, caso precisemos novamente pintar nossas caras …

    Fy, parabéns por todo seu esforço e sua dedicação em prol da liberdade. E meu abraço forte a todos que de uma maneira ou de outra não se renderam e nem se renderão a essa déspota ilusionista.

    Nesse ultimo dia das bruxas, a festa foi de nosso rei gnomo, lula!

    […]

    Comment by Marques Patrocínio — 02/11/2010 @ 2:57 PM

    • Não podia deixar passar em branco uma vez que em muito momentos nos referíamos a essa sombra tenebrosa chamada Ahmadinejad e toda sua representatividade em repressão da liberdade geral.

      Dilma vai consolidar relação Brasil-Irã, diz Ahmadinejad

      O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, elogiou hoje a eleição de Dilma Rousseff (PT) como a primeira mulher presidente do Brasil, dizendo que a vitória dela irá impulsionar o “vistoso progresso” nos laços entre os dois países. “A relação entre o Irã e o Brasil, nos últimos anos, desfrutou de um vistoso progresso, o qual eu estou seguro continuará e será consolidado sob a sua liderança”, disse Ahmadinejad a Dilma, segundo a agência de notícias Irna do governo iraniano.

      http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,dilma-vai-consolidar-relacao-brasil-ira-diz-ahmadinejad,633221,0.htm

      Comment by Marques Patrocínio — 02/11/2010 @ 3:16 PM

      • Fiquei indignado por esses mais de vinte milhões de eleitores que se abstiveram de votar e que poderiam ter mudado o final dessa tragédia, que a história os perdoe por terem vendido sua liberdade por um final de semana prolongado. Mas como diria um certo poeta inglês “Nasce um tolo a cada minuto” e contra isso nada podemos e disso todos os espertalhões de nossa republica se aproveitam.

        É.

        Sabe Marques , eu acho até que não foi preciso esperteza por parte destes mentirosos : foi fácil demais .

        Como eu sei q vc conhece os Grimm ,vou colocar uma versão à la Tim Burton – de como eu resumiria a estratégia destes fascínoras, e de como foi “fácil” introduzir o comunismo entre os brasileiros e enfiá-los numa confusão sobre a qual … eles não tem a menor idéia :

        Nunca Hänsel e Gretel foram tão … tão… João e Maria :

        Ah …. este final!

        Da “outra vez . . . eu não estava aqui pra pintar o rosto : mas quem sabe desta vez eu esteja ….”

        bjs
        Fy

        Comment by Fy — 03/11/2010 @ 1:23 PM

  3. Amigo Marques, faço minhas suas palavras.
    E, lamentavelmente confirmo que o velho dito popular “em terra de cego, quem enxerga é rei” , neste momento é um trágico presságio.

    Fy tenho praticamente o dobro da sua idade,e muito embora esteja acostumado ao incrível alcance de sua cabecinha francamente cosmopolita e sua facilidade em transitar livremente entre múltiplos domínios e diferentes correntes e tradições culturais, que certamente não caberiam, e não couberam jamais em espaços murados pela mediocridade,quero que voce saiba, que neste 1 ano de Windmills,(voce esqueceu…) voce me surpreendeu ainda mais.

    Ao TocaYo dedico o post “o Olhar do Outro”.

    Um homem jovem, sábio e Corajoso (sim, porque a sapiência sem a coragem: apenas corróe) que abraçou num olhar imenso a compreensão desta visão dançante e colorida que faísca impressões continuas em ritmos fantásticos :

    “Uma e outra observação fazia-me viajar e me juntar com influências outras, desconhecidas, não percebidas por mim em minha trajetória de vida, e agora ali, patentes.”

    Parabéns ao Windmills: a todos os que por aqui passaram, a todos os que aqui “compreenderam” a mensagem de Liberdade, Respeito, Amor pelo ser-humano e pela vida desta alma livre e maravilhosa de alguem… que sempre diz:

    “Cresci nas Pradarias “! (There’s no boundaries in my eyes, There’s no boundaries for my thoughts)

    Meus parabéns, menina, e meu desejo sincero que você nunca seja tocada pelas garras apodrecidas da mediocridade.
    Ela jamais reconhece a grandeza de espírito. Ao contrário: a teme.

    Você é linda.
    (tio) Gus

    Comment by Gustavo — 02/11/2010 @ 11:03 PM

    • tá bem.
      Querido “tio” Gus!
      Eu nem sei direito o que responder.
      Mas é alguma coisa bastante indiscritível e bastante importante ouvir estas palavras de alguem como você.
      Somos lindos.
      Somos lindos sim .

      bj em teu coração.

      Fy

      Comment by Fy — 03/11/2010 @ 12:57 PM

  4. I’ve learn several just right stuff here. Certainly worth bookmarking for revisiting.
    I wonder how much effort you set to make one of these fantastic informative website.

    Comment by blog o bieganiu — 11/12/2014 @ 7:12 AM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: