windmills by fy

21/01/2011

crocodilos !

Filed under: Uncategorized — Fy @ 10:33 AM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Importante saber ! ! !

 

Pessoas que perderam parentes e bens  não terão direito a seguro nenhum !!!

 

 

Foi decretado estado de calamidade pública pelo governador , e asseguradoras ficaram desobrigadas de pagar .

 

Tão logo as notícias saiam do ar, as pessoas se esqueçam de que famílias inteiras continuarão sem recursos materias básicos necessários para uma vida normal .

 

 

Todo ato solidário é de extrema ajuda !

 

 

 LEMBRE  QUE  AS  FORMAS  VERDADEIRAS   DE  AJUDAR  E  PARTICIPAR  SÃO  INCONTÁVEIS  .

 

 

 

 

Fy

12 Comments »

  1. O Poder Judiciário Carioca esta ´´censurando´´ a Imprensa no local dos fatos. A culpa vai ser das chuvas e do povo.
    A imprensa do Rio, mais uma vez, em um outra página vergonhosa, escondeu da população que em 2008, o governo Cabral encomendou à UFRJ, um estudo mapeando as áreas de risco do nosso estado. O resultado foi incisivo: detectou-se o risco de uma tragédia em Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Portanto, há dois anos a tragédia foi prevista e Cabral avisado.

    Vergonhoso.

    Comment by Adriana — 21/01/2011 @ 1:29 PM

  2. Boa Noite Windmills, Fy

    Nós brasileiros não estamos preparados pra lidar com nada que escape da rotina. Ao contrário, as filmagens do desastre na televisão passam a incomodar, a irritar.
    É assim com a política, com a economia, com a educação, o brasileiro não tá nem aí, não quer ser incomodado.
    Aliás, é bom lembrar que todo este povo tão horrivelmente atingido, é justamente aquele que fornece votos e enchem as tais igrejas, é o elemento mais “valioso” pra estas instituições que exploram a ignorância e a miséria.

    A historia do tal prefeito crente boicotar alimentos e ajuda pra os católicos foi deprimente.

    beijo,
    Sofia

    Voce tem andado quietinha, tô com saudades.

    Comment by Sofia — 21/01/2011 @ 10:08 PM

  3. Brasil é um país livre de terremotos, maremotos, tsunamis, vulcões, furacões, nevascas. O único desastre natural que nos aflige são os temporais de verão – e até hoje não aprendemos a lidar com as enchentes, os deslizamentos, os pontos de alagamento e tudo mais que vem, há séculos, com as chuvas que começam a cair em novembro e vão até os princípios de março.

    Nós lidamos bem com os desastres políticos, com a roubalheira generalizada, em nome de Deus, da padaria, do mercado, do Lulinha, da dilminha, do padre, do pastor, de qualquer safado.
    Quando somos chamados na chincha pra botar a mão na roda, ninguem sabe pra onde ir, ninguem contribui com nada que signifique algum esforço verdadeiro. Aí todo mundo lembra que este, aquele, o governo, o igrejismo, é tudo a mesma coisa, só um bando de safado, ladrões e criminosos, que depois da tragédia esquecida, continuam a roubar descaradamente.
    Aqui é o país do pode tudo, contanto que não me encha osaco.
    A Sofia tem toda a razão.

    Alexandre Golaiv

    Comment by Alexandre — 21/01/2011 @ 10:23 PM

  4. Ontem eu lí isso aqui:

    Tragédia no Rio ilustra negligência criminosa das autoridades, diz ‘Le Monde’

    Para o jornal, ‘os céus têm menos culpa que os homens’ pela tragédia

    As enchentes e deslizamentos de terra que deixaram mais de 700 mortos na região serrana do Rio são mais um exemplo da “negligência criminosa” das autoridades brasileiras, segundo afirma um artigo publicado nesta quinta-feira pelo diário francês Le Monde.

    “A nova tragédia, como outras no passado, ilustra a negligência criminosa de algumas autoridades eleitas. Por DEMAGOGIA ou INTERESSES ELEITORAIS , eles deixaram que o concreto tomasse os morros, ou mesmo encorajaram a especulação imobiliária”, afirma o artigo.

    Para o jornal, “a fúria da natureza tropical” pode ter sido a responsável inicial pelo desastre, mas “os céus têm menos culpa que os homens”.

    “Não há fim no inventário das muitas falhas que levaram à tragédia”, diz o artigo, citando falta de capacidade para previsões meteorológicas precisas, inexistência de sistemas de alerta e a ocupação irregular em áreas de risco.

    Regra

    O diário observa que dados oficiais indicam que 5 milhões de brasileiros vivem em áreas de risco e que a própria presidente, Dilma Rousseff, admitiu que a situação é “mais a regra do que a exceção”.

    Para o jornal, as responsabilidades pelo problema estão em todos os níveis do Estado.

    “A prevenção não faz parte dos discursos dos políticos, totalmente focados em ações imediatas, porque isso daria pouco retorno a eles nas eleições”, afirma.

    O artigo observa ainda que o próprio governo brasileiro havia admitido, em novembro do ano passado, que não havia implementado nenhuma das medidas recomendadas para informar, educar e alertar comunidades sob risco. “Nem mesmo com a criação de um banco de dados ou um site na internet”, diz.

    O JORNAL CITA AINDA A CONSULTORA DA ONU : DEBARATI GUHA-SAPIR, DO CENTRO DE PESQUISASO JORNAL CITA AINDA A CONSULTORA DA ONU DEBARATI GUHA-SAPIR, DO CENTRO DE PESQUISAS SOBRE A EPIDEMIOLOGIA DE DESASTRES (CRED), DE BRUXELAS, NA BÉLGICA, PARA QUEM É UM ABSURDO QUE O BRASIL, COM “APENAS UM PERIGO NATURAL PARA ADMINISTRAR”, NÃO CONSIGA FAZÊ-LO.

    “ESTE FOI O 37º DESLIZAMENTO DE TERRA NO BRASIL EM MENOS DE DEZ ANOS”, OBSERVA. “IMAGINE SE O PAÍS TAMBÉM ENFRENTASSE TERREMOTOS, VULCÕES OU FURACÕES. O BRASIL NÃO É BANGLADESH, NÃO TEM DESCULPAS”, AFIRMA.

    (isto não é desastre: é put….) e não tem outra palavra não.

    Que horror.

    bjinhos
    Ju

    Comment by Juliana — 21/01/2011 @ 11:22 PM

    • Coloca o link Ju ?

      bjinhos
      Fy

      Comment by Fy — 21/01/2011 @ 11:31 PM

  5. http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/01/110120_enchentes_rio_lemonde_rw.shtml

    Já que é pra falar de p…. dá uma olhada aqui também, Fy

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/01/110120_vaticano_berlusconi_rc.shtml

    haja saco pra tanta sacanagem.

    bjinhos pra todo mundo.
    Ju

    Comment by Juliana — 21/01/2011 @ 11:36 PM

  6. É Ju, bem mais que vergonhoso.
    E isto porque estamos assistindo de longe, sem engolir lama, sem meter a mão na massa.
    Na verdade, qualquer “10 conto” alivia a consciencia viciada, comprometida com o alienado e brasileiríssimo deixa pra lá.
    Voce vai ver o Carnaval.
    Vergonha?
    Voce vai ver os “cultos” e o povo comendo bribria.
    O Marcelão padreco aeróbico dando show de ibope.
    Vai ver também os próximos candidatos. O brasileiro tem tanta consciência quanto tem memória e preguiça.
    Aliás, eu cheguei a conclusão que o brasileiro é que é o verdadeiro
    aparelho de controle a serviço do Estado e dos interesses financeiros de qualquer um que se possa chamar : canalha.
    Seja governante, pastor, padre, patrão, etc …
    Palhaçada.
    Quanto menos educação melhor.É oa estratégia do poder. Salve a miséria humana, a mão de obra mais barata, rentável, descartável, eterna e mais rapidamente substituível.
    É tão revoltante olhar estas imagens e olhar a cara de lulalás, Gesuses milhardários, cambadas de padres mafiosos e pedófilos, que deveriam estar na cadeia.
    Este prefeito “crente” deveria estar na cadeia!
    O papa deveria estar na cadeia!
    Os Lulalás, cadeia!

    Ladrões, criminosos, mentirosos consumados, exploradores da miséria intelectual, financeira,emocional e o cacete.
    E no entanto a Ignorância os aplaude. E eles engordam a Sta Ignorância.
    É onde mora a injustiça e muitas vezes o abuso de poder do homem sobre o homem com o aval da lei, de qualquer lei, seja divina, seja as locais, etc . Isso é um grave obstáculo para a evolução social e humana, além de comprovadamente gerar tanto sofrimento pelos séculos a fora. Este, é só mais um. E os abutres sobrevoam a tragédia porque existem justamente pra isto.
    Como disse o post, daqui a pouco já foi esquecido. Restará a sucata humana que em boa coisa não se transformará.
    Repudio toda forma de exploração e abuso de um homem sobre outro, repudio esta sacanagem nojenta que a pilantragem chama de “religião”.Repudio igualmente a mídia que usa histórias como estas para aumentar a audiência em cima da exploração sensacionalista de notícias transmitidas sem respeito a verdade.

    Claro que eu sinto muito. Sinto profundamente mas também sinto náuseas, por ser brasileiro, e não raro por ser humano.
    Beijo a todos
    Tio Gus

    Comment by Gustavo — 22/01/2011 @ 12:17 AM

  7. Pelamordedeus!

    O verão passado nós assistimos o desastre de São Luiz de paraitinga aqui ao lado.
    Todo mundo aqui foi ajudar, um absurdo.
    Tinha pilantra vendendo miojo por 20,00.
    Foi preso? Foi nada.

    Vamos ver se estas igrejas safadas usam milhares de dízimos a g o r a .
    Os católicos aproveitam pra fazer proselitismo.
    Os políticos já estão desviando T U D O .
    Só resta usarmos as mãos, a cabeça e a boa vontade.
    E a consciência.
    e tacar a mão na massa, como diz o Gus.
    Aquilo que tá morrendo, é gente.
    E não para de chover.
    Nem chuva, nem canivetes, nem gatos pardos e safados.

    bjinhos da Carol p… da vida .

    Comment by Carol — 22/01/2011 @ 12:50 AM

  8. São Luiz do Paraitinga foi um terror, Ca!Pesadelo. Até hoje as pessoas não se recuperaram. Perderam tudo. A cidade ficou em baixo dágua.
    Nesta mesma época.
    http://www.diocesedetaubate.org.br/sos_saoluiz/

    Imagine o que deve estar sendo lá no Rio, de perto.
    São Paulo, em menor proporção também tá um desastre.
    Será que estas chuvas não vão parar?
    É o único jeito disto melhorar.
    Eu não sei como ajudar, estou no sul. O Gab diz que não se pode confiar em depósitos, eu sei lá.
    beijo minha gente querida, já já volto… acompanhada….
    Karina

    Comment by Karina — 22/01/2011 @ 1:05 AM

  9. Jacarezada safada.Bando de criminosos.

    Folha de S.Paulo revela que Cabral mentiu

    Governo sabia desde 2008 do risco da tragédia

    há dois anos a tragédia foi prevista, segundo a UFRJ e Cabral avisado. Em dois anos muita coisa poderia ter sido feita, mas Cabral, e seus secretários do Ambiente, Carlos Minc, e depois Marilene Ramos, braço-direito do festivo deputado, cruzaram os braços ignorando o problema. É claro, que Cabral se recusou a falar com a Folha de S.Paulo, mas mesmo se acovardando acabou desmascarado.
    Agora impressiona a desfaçatez de Carlos Minc, que deu uma justificativa vergonhosa, além de mentirosa. Minc diz que o governo do Estado priorizou a prevenção em outras áreas, mas não soube citar nada, a não ser a criação de parques ecológicos. Agora entendo, porque nesta tragédia Minc anda tão calado e ainda não correu pra frente das câmeras como de hábito É porque sabe que não fez a sua parte. Muito pelo contrário.
    No ano passado o governo Cabral investiu em todo o estado na prevenção de tragédias, modestos R$ 8 milhões. Em compensação, em outubro passado, Cabral desviou R$ 24 milhões do FECAM (Fundo Estadual de Conservação do Meio-Ambiente) e deu para a Fundação Roberto Marinho.
    Minc só falou uma verdade, que ele, Cabral e Marilene priorizaram outras áreas: a Fundação Roberto Marinho e as Organizações Globo.

    abraços
    (tio) Renato

    Comment by Renato — 22/01/2011 @ 1:15 AM

  10. O prefeito de uma das cidades é evangélico,e somente permite que os donativos sejam levados para as Igrejas evangélicas.Pode ?

    Comment by Camila — 22/01/2011 @ 1:17 AM

  11. Oi todo mundo,

    de noite eu venho.

    Renato: já liguei pra Karina. Só não consigo ligar pra vc.

    bjs

    Fy

    Comment by Fy — 22/01/2011 @ 3:16 AM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: