windmills by fy

18/07/2011

sundaY – nighT

Filed under: Uncategorized — Fy @ 12:12 PM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

são vários os vários eus que me são corpo .

                                                                                      ressurgem e rastreiam restos rastros traços e recantos .

uns recém-nascidos outros recém-idos .  

                                                                                     galáxias de perguntas sem tempo nem florações .

                                                                                     eus sombrios               e tantos outros                   de tanta luz .

 

 

 

mas quando entras em  minha casa que é corpo sem lugar  em  lugar certo –  o que existe  irradia respira e renasce .

é da vontade dos anjos que me sejas exigência .  

e descanso .  em folha de lírio .

que é branco como o que ainda não foi .

 

 

dos instantes

em  mim que habito a coreografia das asas ,

se o tempo é ilha ,

entre todas elas  . . .  escolho a dos segredos .

que é de todas     a mais indócil     e porém    mais amável de cuidar .

 

Ouço ao Norte o vendaval    e a     Sul vigio a casa branca onde o jasmim me é laço .

dispo as árvores ,

 solto os animais .

 

sou cativa desta  porta que abre  este lugar   de nós  .

 

desidealizo – nos .

 

 

mais tarde              você virá

de novo  e de novo           

 e a cada vez  

 

. . .          nos contar    quem somos .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fy

 

19 Comments »

  1. Gostei.

    Comment by Duc@ — 19/07/2011 @ 8:17 AM

  2. Êeeeta “you” sortudo!

    Linda Fy.
    Um bálsamo numa segunda frenética.
    beijo
    João Pedro

    Comment by João Pedro — 19/07/2011 @ 8:51 AM

    • João ! Pensei q vc ia dar a bronca costumeira! Mas, concordo, frenéticas 2ª e 3ª – consegui um tempinho agora, pra escrever aqui e ler direito o q todo mundo escreveu.

      Mas é sim, mto bom qdo um domingo à noite acalma a manhã da 2ª feira.
      Mto bom não …. é especial!

      bj
      Fy

      Comment by Fy — 20/07/2011 @ 7:00 AM

  3. dispo as árvores ,

    solto os animais .

    duda

    Comment by duda — 19/07/2011 @ 8:53 AM

  4. Neste friozinho…
    um lugarzinho de nós…

    dá pra soltar a bicharada toda né Duda?

    Deliciosíssimo Fy! Inspiradíssima heinnnnnn?

    bejinhos
    Ju

    Comment by Ju — 19/07/2011 @ 8:55 AM

    • hahaha… é o frio , Ju… o frio.

      bjs
      Fy

      Comment by Fy — 20/07/2011 @ 7:13 AM

  5. minha vocação lírica demora-se nos teus dedos, existe e regressa
    com o sal das noites. Três luas ensaiam
    uma estratégia no invisível.

    posso recolher o mel de uma inesperada estação,
    amar os teus lábios. Posso ver cair
    os frutos, na distância, aspirar o sentido ardente
    dos cometas, entrever o poema que
    oscila por trás das cortinas. As três luas são
    um enigma, e os enigmas sabe-se…

    Abro os portões, talvez
    possa cantar. As luas arrebatam o sono
    inquieto das cancelas terrestres, comboios
    avançam sobre pétalas, queimam a geada
    derrubam o eterno das montanhas.

    Chega-se enfim ao que se ama.

    Vasco Gato (se não me engano)

    Lindo final de tarde, Fy.

    (tio) Renato

    Comment by Renato — 19/07/2011 @ 9:12 AM

    • Três luas ensaiam
      uma estratégia no invisível.

      Oh Renato , eu até tinha me esquecido desta!

      que linda!

      bjs
      Fy

      Comment by Fy — 20/07/2011 @ 7:15 AM

  6. …imensamente nos deitamos um no outro
    e não mais nascemos para a mão escura
    que tapa o sol e afoga a lua

    Vasco Gato

    BEIJO
    Marianne

    (O que voce escolheu também é Renato, é dele sim)

    Comment by Marianne — 19/07/2011 @ 12:06 PM

    • Como é bom este cara!

      Sabe Marianne, ultimamente eu tenho mudado de itinerário, qdo me sobra um tempo aqui no comp.

      Mudei de blogs, encontrei leituras mais retornantes, engraçadas, inteligentes e sobretudo transformadoras.

      Cansei de descabeladas conspirações, e esclerozados cultos à sol “tampados” e luas “afogadas”.

      Onde tem mais do Vasco Gato ?

      bjs
      Fy

      Comment by Fy — 20/07/2011 @ 7:27 AM

  7. mais tarde você virá
    de novo e de novo
    e a cada vez
    nos contar quem somos

    Este trecho é lindo, Fy. Talvez o que mais defina um encontro.A tranquilidade serena de se conhecer através do outro.Estar em alguma história e escrevê-la a dois é admitir o surpreendente, no outro e nagente mesmo, e através dos dois.Admitir que se está criando algo que não se conhece ainda, e preservar este ‘ainda’ do clichê, do banal habituado.
    Talvez seja como estar desarmado. É raro este sentimento. Porque agente se acostumou, não ama, se defende.

    Grandes encontros acontecem, mas só se preservam assim.
    beijo a todos,
    tio Guz

    Comment by Gustavo — 19/07/2011 @ 12:21 PM

  8. Talvez seja como estar desarmado. É raro este sentimento. Porque agente se acostumou, não ama, se defende.

    Uma vez eu lí assim:

    … pq no amor, a maior dor é ter razão.

    bjs
    Fy

    Comment by Fy — 20/07/2011 @ 7:31 AM

  9. Lindo post e enorme esta frase: pq no amor, a maior dor é ter razão.

    beijo a todos
    tio Guz

    Comment by Gustavo — 20/07/2011 @ 9:15 AM

  10. e voce se supera.
    passeiporaqui e fica meu abraço.

    Comment by passeiporaqui — 20/07/2011 @ 10:32 AM

  11. Até o sol, sentiu inveja.

    porque há em ti o vento manso de um planalto.
    e ele desce assim
    num crepúsculo quase vermelho.
    plantando a noite do mundo.

    neons.
    em faíscas violetas
    que velam o sono do mar.
    criaram-te assim. as noites de insónia.

    nunca me dormes.

    beijo menina
    TocaYo

    Comment by TocaYo — 20/07/2011 @ 11:22 AM

  12. Boa noite Windmills, Fy

    Alguem já disse que é delicioso de ler e a música deliciosa de ouvir.
    Sublime, Fy.
    E mais uma vez minha admiração pelos comentários do tio Guz. Faço minhas suas palavras, Gustavo.
    Sophia Mastrada

    Comment by Sofia — 20/07/2011 @ 2:01 PM

  13. Que blog lindo!

    Comment by Ana Carla — 20/07/2011 @ 2:03 PM


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: